" COMO EU VOS AMEI "



Feature image

Exigência deste “como”… porque Jesus não fingiu amar-nos! No caminho desta semana, vou encontrar homens, mulheres, jovens, crianças… Como vou amá-los “como Jesus”? Isto é, sem fingimentos, gratuitamente, sinceramente, dando-me a eles com o melhor de mim mesmo… A nossa vida de baptizados deve ser sinal no meio da descrença e da indiferença do mundo. Segundo o amor que teremos uns para com os outros… todos verão que somos discípulos de Cristo! Fica assim bem claro que o essencial do Cristianismo não são as Liturgias e seus rituais, nem as peregrinações e seus santuários, nem as devoções e suas festas – por mais sentido e valor que possam ter – mas a fraternidade assumida e praticada. Por isso a “disciplina” do Amor ao próximo não é optativa: É básica e transversal. Deve estar presente em todas as outras. É o ponto de referência a partir do qual tudo pode ter valor ou não servir para nada, como diz S. Paulo numa das suas Cartas… Uma boa semana nos dê Deus!







img


Capela da Missão



Total de Visitas: 638207

2012 @ jriwebpages