"Esse Teu olhar Senhor!"



Feature image

Esse Teu olhar, Senhor! Esse Teu olhar tão arrebatador, tão meigo, tão especial. Esse Teu olhar, meu Deus, que lê, penetra, perscruta e inunda todo o meu ser! Esse Teu olhar, Senhor Jesus que, no silêncio da noite, encontra este meu olhar! Esta minha fragilidade, este meu existir! Bastou-Te um segundo apenas, para me sentires, me conheceres, me amares! Um único segundo que tem o «sabor» de toda a eternidade; um só segundo que atravessa toda a minha história, todo o pulsar do meu coração, com o único intuito de me arrebatar a alma e a vida! No meio da noite, vencido e convencido pela força e pela doçura desse Teu olhar, sem resistir, eu segredo-Te: quero-Te seguir, enchendo e preenchendo o meu coração na inquietação que és Tu. Os Teus olhos, Senhor, dão luz ao mundo. Esse Teu olhar, ó Deus do Universo, rasga as trevas do meu ser, ilumina as obscuridades do meu peregrinar, serena as «ondas» do meu existir carregado de medos e de hesitações! No meio da noite, eu Te peço, Senhor: que esse Teu olhar converta o meu próprio olhar; Que essa Tua presença misteriosa e tão real serene e pacifique as «guerras» deste meu pobre e fraco coração; Que essa Luz que és Tu me cure e me sare de todas as cegueiras que me impedem de ver e acreditar nas maravilhas do amor! Um segundo apenas, Senhor! Basta-Te um segundo para conquistares o meu olhar. Um momento apenas para seduzires o meu coração. Um único instante, Jesus, e arrebatarás para sempre aquilo que sou e a forma como sou! Tu és o renascer da esperança, meu Senhor e meu Deus. Tu és o renascer de mim! Tu és a força que me falta, a coragem que me foge, a ousadia que me escapa, a verdadeira liberdade que não tenho, a paz que há muito desapareceu dos meus sonhos e das minhas esperanças! No silêncio desta noite, ó Senhor que olhas o mais íntimo de mim mesmo, eu Te peço: transforma o meu olhar; transfigura o meu ser; converte o meu coração, resgata-me das minhas prisões e dos meus medos e envia-me a testemunhar a alegria da Tua presença, a graça do Teu olhar que se derrama sobre nós, o fantástico de nos sabermos amados por Esse Coração do tamanho do mundo. Pe. António ( Pároco da Paróquia do Estoril )







img


Capela da Missão



Total de Visitas: 362538

2012 @ jriwebpages